26 de mai de 2005

Fuck off!

Todo mundo erra, todo mundo acerta. Isso é fato (è vero) e ninguém é melhor do que ninguém para não ser assim.
O fato é que um dia a casa cai (quem não se ferrou um dia?) e daí aparecem dois caminhos na sua frente: O do "toma jeito" e o do "sou lesa e continuo cagando no pau"...

E qual eu sigo?

Se eu sou paga pau, paga mico, paga sapo e paga sei lá mais o quê, vou no de sempre e continuo essa merda toda.
Se eu sou uma pessoa que pensa, usa a tal massa que se encontra dentro da minha cabeça, tento o outro, e tá beleza.
Acordei hoje e tive um clique. Pensei em minha vida nos últimos anos, nas coisas boas e erradas que fiz e em como eu reajo perante as opiniões alheias. Cheguei a "MINHA" conclusão.

- Não me importo mais com o que falam e deixam de falar sobre esse blog, o que eu escrevo, minha postura perante a vida, meu estilo, minhas tattoos, meu jeito "desencanado de ser", se sou ou não alternativa... enfim, FUCK OFF!

- Não vou mais puxar papo com ninguém que não vá com a minha cara e demonstre isso, mostre indiferença, me deixe falando sozinha.

- Não vou mais ficar achando que as coisas que eu faço são certas ou erradas.
Se "eu" achar que não está bom é uma coisa, mas achar pelo que os "outros" ou "outras" vão achar... mais uma vez FUCK OFF!

- Vergonha na cara, orgulho próprio, ego bem cuidado, isso sim eu quero. Agora ficar sendo rotulada de trouxa, babaca, a boazinha, a retardada, a Santa Rita de Cassia...
FUCK OFF.
 
- Boca fechada não entra mosquito.

- O peixe morre pela boca.

- E eu me amo, não posso mais viver sem mim (agora que estou com o peso bom, o cabelo bonito e a pele que é uma beleza) fica muuuuuuuito mais fácil. E se eu não estivesse assim, também me amaria do meeeeesmo jeito. FUCK OFF AGAIN!

- Sou mais eu.

PS: FUCK OFF - FUCK OFF - FUCK OFF!!!


Nenhum comentário: