23 de out de 2007

Recomeço

Não é a toa que marquei na pele uma Fenix colorida.
Linda, voando...
Representa muito pra mim.
E agora, mais do que nunca eu a vejo e penso sempre em recomeço.
Eu sempre recomeço. A vida, sempre.
Mais uma vez, outra vez, outra vez e outra vez.

Sai das cinzas e fui voar ao vento.

Nenhum comentário: