13 de mai de 2005

Puxe!

Quer tirar o pino? Tenta a sorte.< O dia mais perfeito para uma sexta feira 13. Tirando o cofre de aço, tudo caiu na minha cabeça. Paciência é algo que eu esqueci o que significa. Dia do cão? Imagina! Está mais para dia da anta, dia do burro, dia do paquiderme.
Escutei frases lindas como: Não tem, não pode, não há vagas, não há esse remédio, não aceitamos esse convênio médico (de merda), não sei, não, não e mais uma caralhada de não.
Estou naqueles dias em que se um olhar matasse, seria uma serial killer doentia.
Tudo isso misturado com uma sensação de que tudo é um grande nada e que preciso fazer um esforço doentio para sentir meus dedinhos do pé.

Nenhum comentário: